SUÍNOS: Menor volume enviado à China reduz com força total exportado em nov/21


As exportações brasileiras de carne suína recuaram com certa força em novembro, registrando o menor volume em 10 meses.

A diminuição esteve atrelada à falta de contêineres e, sobretudo, à redução dos envios aos dois principais destinos da suinocultura nacional, China e Hong Kong.

Conforme dados da Secex compilados por pesquisadores do Cepea, em novembro, o Brasil exportou 78 mil toneladas de carne suína, volume 20,1% inferior ao de outubro, o menor desde janeiro/21 e 9,8% abaixo do de nov/20.

Para a China, especificamente, foram enviadas 21,9 mil toneladas, diminuição de 41,3% frente ao volume de outubro, e para Hong Kong, 9,7 mil toneladas, recuo de 26,5% na mesma comparação.

No mercado interno, os preços do suíno vivo e da carne voltaram a cair neste início de dezembro, depois da leve reação das vendas tanto do suíno vivo quanto da carne no fim de novembro.

No mercado independente de suínos, a oferta de animais para abate acabou ficando acima da demanda por novos lotes, devido à baixa liquidez da carne nos mercados doméstico e internacional.


Fonte: Cepea
Imagem: Pixabay/PublicDomainImages


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Plantão Policial