Plantão Policial

Paciente internado há um mês sofre com descaso em Porto Velho

DENÚNCIA: 

O idoso necessita fazer uma ressonância, mas até então, sem sucesso

Gentil Morais, 69 anos, está internado há um mês e passando por uma situação bastante desagradável, no Hospital João Paulo II, em Porto Velho (RO). Ele necessita de alguns cuidados especiais e a realização de uma ressonância, com contraste e sedação.

Com o quadro neurológico grave, o idoso deu entrada no Hospital no dia 11 de março, onde completou um mês internado nesta segunda-feira. 

De acordo com a filha dele, Kelli Paula, já houve cinco tentativas para a realização do procedimento, mas até então, sem sucesso. 

"Eles sempre alegam que não podem fazer o exame nele, pela falta de médicos e acompanhamento", lamentou a filha. 

Desprezo

A família relata o descaso desde o começo da internação de Gentil e comentou que o quadro dele só vem se agravando.

"Ele não conseguia fazer as necessidades fisiológicas e ninguém prestava apoio no hospital. Os médicos não observavam meu pai e agora ele está com parte do corpo paralisado. Até hoje, os especialistas não conseguiram diagnosticar o que meu pai tem. Se ele precisasse desse exame para sobreviver, ele já teria morrido", desabafou Kelli.

Fonte: Rondoniaovivo 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Plantão Policial