Plantão Policial

SNIPER: Com “ELE” na Mira!!! Editorial: Mário Martins


 Cenário armado e tudo pronto!

As cartas estão na mesa, o Alvo na mira, agora é regular o foco, ajustar as lentes, tudo no sentido figurado. Agora é calcular cada estratégia, para que o tiro seja certeiro, e fatal. Segurar a arma com firmeza, mirar com cuidado, não pode haver nenhum erro no que for dito, tem que repensar cada gesto, cada palavra certa na hora certa, para não botar tudo a perder. Este é um momento crucial, em que o que está em jogo, é algo muito sério e bom principalmente pra mim. Mas se faz necessário convencê-lo, de ficar parado, e acatar as minhas sugestões, e constatar que o que eu disser é a mais pura verdade. Não pode haver erros, nem um movimento incalculado, no momento do disparo certeiro. Se faz necessário calcular minuciosamente cada detalhe do vai ser dito, nem uma palavra a mais, e nem uma palavra a menos, para não botar tudo a perder. Acompanhar na mira cada movimento do ALVO, e convencê-lo de que tenho a melhor estratégia, a melhor proposta, e que as minhas ideias são as melhores. Diante de tudo que já foi dito e não foi cumprido, diante de tudo que foi prometido, sei que não vai ser uma tarefa fácil, convencê-lo que desta vez é pra valer, sem utopia, sem malogros, e sem enganos. Tenho que convencê-lo a não se mover, ficar realmente INERTE, afinal sou um Franco Atirador, eu não posso errar esse Alvo, que já acertei tantas vezes, por que agora estou nervoso? Talvez por que muitas coisas aconteceram? É que; jogaram com técnicas novas que ELE as desconhecia? E agora está mais sábio em menor ingênuo, que agora não acredita mais em histórias de Boi Tatá e Saci Pererê? Se faz necessário segurar a arma com mais força, não perder o Alvo de vista, ajustar a estratégia, estudar com calma ideias novas, fundamentadas na realidade atual. As evoluções dos últimos tempos, fez dele quase um Exprt que não se deixa mais convencer por falsas promessas, e agora? bom agora é preciso mudar a estratégia, acompanhar a evolução, e fazer da Tecnologia da Informação minha aliada nessa empreitada de acertar o Alvo. Como bom  Sniper tenho que convencê-lo de sou a solução de todos os seus problemas. Que com o meu tiro certeiro, posso conduzi-lo ao sucessos pessoal e profissional. Tenho que convencê-lo, que as minas armas são infalíveis, e que comigo estará bem protegido contra tudo e contra todos. Mas será que ELE ainda vai acreditar? Mas se é para convencê-lo, eu tenho que dizer, o que não foi dito, falar o que não foi falado, contar o que não foi contado, e gritar o que não foi gritado. Mãos seguras na arma, o momento está chegando, e eu não posso perder esse Alvo, há muita coisa em jogo. Mas o que foi? O que foi falado? O que foi gritado? Tudo e um pouco mais. Desta vez não pode haver erros, o Alvo está parado, o tiro tem que ser certeiro. O Alvo tem que tombar, e eu correr para o abraço, e astear a bandeira da vitória. Dá presentes não funciona mais, oferecer vantagens, não pode, prometer mundos e fundos é tempo perdido o que fazer agora? Tem que pensar, pensar, e pensar? Calcular cada movimento DELE, e BANG.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Plantão Policial