Plantão Policial

Recenseadoras do IBGE são vítimas da criminalidade em Porto Velho

Com o aumento de roubos e furtos alguns trabalhadores pediram desligamento do órgão

Porto Velho, RO - Em dois dias, duas agentes recenseadoras do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística foram vitimas da criminalidade em Porto Velho.

No final da tarde de ontem (11) uma mulher de 36 anos foi assaltada por dois suspeitos, o crime aconteceu na rua Vermelho Jambo, bairro Tiradentes, na zona leste.

A mulher estava fazendo a pesquisa do censo na hora em que foi abordada por dois homens que chegaram a agarrando por trás.

Os suspeitos tomaram a força o aparelho celular do IBGE que estava com a servidora. Os homens fugiram após o roubo.

Já nesta sexta-feira (12), uma recenseadora de 20 anos, estava fazendo a pesquisa do senso, no bairro São Francisco, quando entrou em uma residência para entrevistar um morador e deixou sua bicicleta em frente à casa.

Quando retornou, a vítima flagrou o suspeito fugindo na bicicleta. Com gritos da jovem, populares foram atrás e detiveram o rapaz na rua dos Andrades com Farrapos.

O suspeito de 19 anos foi encaminhado para o Departamento de Flagrantes por uma viatura da Policia Militar, que foi acionada por populares.

Os roubos e furtos contra recenseadores do IBG estão crescendo cada dia em Porto Velho. Alguns trabalhadores, inclusive, pediram desligamento do órgão.

Fonte: Diário da Amazônia


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Plantão Policial