Homem suspeito de matar esposa e filha no Japão foge para o Brasil

Foto: Reprodução

Porto Velho, RO - A polícia da província de Osaka, no Japão, colocou um brasileiro de 33 anos na lista nacional de procurados. Ele é suspeito de assassinar sua esposa, de 29 anos, e a filha, de 3 anos. Segundo a polícia local, Anderson Robson Barbosa deixou o Aeroporto Internacional de Narita em um voo para o Brasil em 22 de agosto. As informações foram divulgadas pelo jornal Kyodo News.

De acordo com as autoridades, o brasileiro é suspeito de esfaquear a companheira, Manami Aramaki, e a filha, Lily, no apartamento em que viviam, na cidade de Sakai, entre os dias 20 e 21 de agosto. Ele é natural de Londrina, no norte do Paraná.

Os corpos das vítimas foram encontrados na sala do imóvel no dia 24 de agosto. A polícia disse que Manami foi esfaqueada pelo menos 10 vezes no peito e no pescoço e que seu rosto estava machucado. Lily também levou várias facadas.

Ainda segundo a polícia local, uma faca manchada de sangue foi deixada ao lado dos corpos. O apartamento estava trancado no momento e não havia sinais de arrombamento. As autoridades dizem que pretendem colocar Anderson também em uma lista internacional de procurados, embora não haja tratado de extradição entre o Japão e o Brasil.

Os corpos foram encontrados depois que o pai de Manami suspeitou que havia algo errado, pois não conseguiu contatá-la por dois dias. A polícia disse que imagens de câmeras de vigilância de rua mostraram o brasileiro pegando um trem da Estação Hatsushiba, cerca de um quilômetro ao norte do apartamento, na manhã de 21 de agosto.

Em seguida, conforme identificado pelas autoridades, ele parou por um tempo na área de Namba, em Osaka, antes de ir para o Aeroporto Internacional de Narita. O suspeito embarcou em um voo para o Brasil na noite de 22 de agosto.

Segundo a polícia, o investigado ligou para seu local de trabalho na manhã de 22 de agosto e disse que havia se ferido em um acidente de bicicleta, por isso ficaria sem trabalhar por duas semanas. As autoridades informaram que o brasileiro e a companheira estavam casados há três anos e se mudaram para o apartamento em junho.

Fonte: CM7


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Plantão Policial