Cacoal formará primeira psicóloga indígena de Rondônia



Gabriela Suruí já está na contagem regressiva para se tornar a primeira psicóloga indígena do estado de Rondônia. A acadêmica do 10º período do curso de Psicologia da UNESC Cacoal. Ela pertence a etnia Paiter Suruí, e está na fase final da graduação.

A futura psicóloga, que saiu da aldeia Paiter da Linha 09, localizada na Terra Indígena Sete de Setembro a 50 km de Cacoal, sempre almejou uma cadeira na universidade para ajudar o povo indígena.

Neste último semestre da graduação, a acadêmica tem prestado um serviço essencial na CASAI, com supervisão pelo professor e orientador Junior Guedes, o estágio tem trazido bem-estar aos indivíduos de diversas etnias.

O ingresso de Gabriela na graduação foi cheio de desafios, porém todos superados, graças a contribuição e ajuda de professores e da própria Instituição. O acolhimento fez com que a estudante não desistisse. A Faculdade disponibilizou dois acadêmicos do curso de Letras para ajudá-la com a Língua Portuguesa, o que foi essencial para a permanência da estudante no sonho da profissão.

Logo, a primeira psicóloga indígena do estado se forma e a trajetória de Gabriela inspira outros indígenas a buscar uma profissão e oportunidades no mercado de trabalho.

Foto: Reprodução

Fonte: tribunapopular


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Plantão Policial