Aulas de informática na Praça CEU preparam alunos para o mercado de trabalho



Porto Velho, RO - Em busca de um futuro profissional e melhor colocação no mercado de trabalho, adolescentes e adultos participam das aulas gratuitas de informática básica e designer gráfico que acontecem no Centro de Artes e Esportes Unificados, mais conhecido como Praça CEU, na zona Leste de Porto Velho.

Uma parceria entre a Prefeitura de Porto Velho e a Associação dos Jovens Estudantes de Rondônia (Ajero) possibilitou a capacitação, e as aulas acontecem todas às terças e quintas-feiras, das 8h às 12h e das 14h às 19h, sendo uma hora para cada turma, que é composta de dez a 12 alunos.

O professor Arney de Freitas disse que sempre inicia os trabalhos com as aulas de informática básica, ensinando as ferramentas do Word, para que os alunos comecem a se familiarizar com o computador, depois vai alternando com as instruções sobre designer gráfico.

DINÂMICA

Para treinar a digitação, os alunos aprendem a fazer cartas e currículos  

Inicialmente, para treinar a digitação, os alunos aprendem a fazer cartas, currículos e outros documentos. Na sequência, o professor vai inserindo gradativamente as aulas de designer gráfico.

“Ao terminar o curso, o aluno estará apto para trabalhar em gráfica, numa agência de publicidade e propaganda ou qualquer outra empresa. Ele pode até mesmo abrir a sua própria empresa”, destacou Freitas.

O objetivo do curso, de acordo com o professor, é entregar o aluno ao mercado de trabalho apto para atuar em suas funções, tanto na digitação quanto na produção de artes gráficas. A formatura será no dia 10 de dezembro próximo, quando receberão os certificados de conclusão dos cursos.

“Esses cursos são muito importantes porque tem a ver com o futuro profissional de cada um deles. Queremos ver os alunos atuando no mercado de trabalho, mas sabemos que isso é só o primeiro passo. Vamos ter outra etapa de cursos a partir de janeiro, que é de informática avançada”, acrescentou.

SONHO

Com 14 anos de idade, o aluno Miqueias Lopes sonha em ser engenheiro civil, por isso resolveu ingressar no curso de informática. Ele conta que nada sabia sobre trabalhar com computador e está gostando muito das aulas e do professor.

“Acredito que fazer esse curso é uma das peças fundamentais para atingir o meu objetivo. Eu não tinha noção nenhuma de como trabalhar com computador, mas agora estou aprendendo, tendo noção, e para engenharia isso é fundamental. Quero agradecer por esta oportunidade para fazermos o curso gratuitamente”, comentou.



Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)




Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Plantão Policial