Grávida sobrevive após ser atingida por raio em RO: ‘é um milagre, não tem outra explicação’

Grávida é atingida por raio e fica com marca no corpo — Foto: Rafaela Parra/Arquivo Pessoal

Porto Velho, RO - Contrariando as probabilidades, uma rondoniense grávida de sete meses, foi atingida por um raio e saiu praticamente ilesa, assim como o bebê. Só restou como prova, uma marca em sua pele - que curiosamente parece raios em queda - e os danos materiais na residência onde tudo aconteceu.

Rafaela Parra, de 31 anos, contou ao g1 que estava encostada no balcão da cozinha, na última semana, quando ouviu um barulho muito alto. O dia tinha sido bem chuvoso, mas no momento do incidente, não chovia forte ou trovejava.

“Eu achei que o fogão tinha explodido. Deu um estrondo muito grande e saí correndo. Quando olhei pro meu pé, eu vi saindo todo o raio pelo meu pé”, relembra.

Para ela, a primeira reação foi incredulidade, achava que “estava vendo coisas demais”.

“O funcionário estava no banheiro e meu marido estava na rede a 10 metros de mim, no outro cômodo, e não foram atingidos, não aconteceu nada. Nem os animais também, nada”.

Porém, os danos materiais comprovaram o que tinha acontecido. Segundo Rafaela, praticamente todas as tomadas explodiram e os eletrodomésticos que estavam conectados, queimaram. As marcas no corpo também ficaram como prova.

“O raio me atingiu nas costas. Eu falei pro meu marido: ‘eu recebi o raio’. E ele: ‘não, não é possível, você teria morrido’. Quando eu levantei o vestido ele viu que estava tudo vermelho. A dor na hora foi intensa, como se fosse uma paulada muito forte e queimando por dentro. Ficou dois dias ardendo e queimando por dentro”, contou.


Grávida rondoniense foi atingida por raio nas costas — Foto: Rafaela Parra/Arquivo Pessoal

A fazenda onde tudo aconteceu fica na fronteira de Rondônia com a Bolívia. Preocupada com o bebê que não se mexia, ela veio para Rondônia e foi atendida primeiramente em Guajará-Mirim (RO).

“Lá já tinha um médico me esperando, ele fez um ultrassom e viu que estava tudo bem com a bebê. Ele nem acreditou que tinha caído o raio. Ele falou: ‘Você está viva por um milagre de Deus e sua bebê também. Não era nem pra uma e nem para a outra estar aqui viva’”.

Depois de Guajará, Rafaela foi transferida para Porto Velho, onde ficou de observação por 24 horas. No entanto, os exames não indicaram qualquer alteração na saúde dela ou da bebê.

Nas redes sociais ela fez uma publicação onde comemora o que chama de uma nova data de aniversário.

“Ninguém acreditava que eu levei um raio e estava viva. Quando uma pessoa recebe um raio, fica a marca, tem um bebê e ainda passa ileso por tudo isso, nem o bebê sofreu nada? É um milagre de Deus, não tem outra explicação”, aponta.

Fonte: G1 RO


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Plantão Policial