O dia 12 de novembro na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

O DIA NA HISTÓRIA

Lúcio Albuquerque

WhatsApp 69 99910 8325

BOM DIA, sábado, 12 de NOVEMBRO

COMEMORA-SE

Dia Nacional da Liberdade. Dia do Diretor Escolar. Dia Mundial da Pneumonia. Dia Nacional do Pantanal. Dia Nacional do Inventor. Dia da Indústria Automobilística. Dia Mundial do Hip Hop. 

Católicos celebram São Josafá, São Diego de Alcalá

RONDÔNIA

12 -1915 – Criado o jornal “O  Município”, em Porto Velho, o primeiro da cidade em língua portuguesa; em 1915 deixa de circular e surge o jornal Alto Madeira, que circulou até 2017. Abnael Machado de lima - https://ift.tt/YDrf7qU)

12 – 1916 – 1916 – Circula em Porto Velho o jornal “O PUN!”, da firma “Irmãos Rozas”,  empresa local, com poemas publicitários, como: “Se não tens vida rizonha/se algum pezar te definha/toma dois aperitivos/ Maracujá e Laranjinha”.

BRASIL

1746 – Nasce Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, patrono das Polícias Militares e do Dia Nacional da Liberdade (m. 1792). 

Em 1864 – Inicia a guerra da tríplice aliança (Brasil, Argentina e Uruguai) contra o Paraguai. 

1906 – Em Paris, Santos Dumont pilota o 14-bis no 1º voo público em aeroplano e bate o recorde mundial de voo. 

1914 – Morre o poeta Augusto dos Anjos, autodeclarado "Cantor da poesia de tudo que é morto", autor de um único livro, “Eu”. 

1934 – Nasce Edvaldo Izídio Neto, o Vavá, bicampeão  (1958/62) mundial de futebol (n. 1934).

MUNDO

1961 – Nasce Nádia Comaneci, o maior fenômeno da ginástica feminina, nota 10 em todos exercícios dos Jogos Olímpicos de 1976. 

1980 — A sonda espacial da NASA, Voyager I, tira as primeiras fotos dos anéis de Saturno. 

2016 - O governo da Colômbia faz um acordo de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia. 

FOTO DO DIA

Dia Nacional do Pantanal, cuja maior, e mais famosa, região encontra-se em Mato Grosso, mas chega a Rondônia através do Rio Guaporé, que banha vários municípios – Cabixi, Alta Floresta, Pimenteiras e Costa Marques, na fronteira com a Bolívia, onde há regiões pantanosas, existindo flora e fauna semelhantes as que existem em Mato Grosso. 

Costa Marques é a sede da Festa do Senhor do Divino Espírito Santo, trazida do pantanal mato-grossense e realizada desde 1994, mas em 2020 suspensa pela pandemia de covid. 

O pantanal rondoniense – que é atrativo para amantes da natureza, teve, como seus primeiros habitantes não “índios”, os negros fugitivos  da escravidão em Cuiabá e que foram se instalando na margem do Guaporé, e  o mais famoso deles foi o Quilombo do Piolho, na região do município de Cabixi, destruído pelos caçadores de escravos, quando estava sob comando de Tereza de Benguela.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Plantão Policial