O dia 20 de novembro na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

O DIA NA HISTÓRIA

Lúcio Albuquerque

WhatsApp 69 99910 8325

BOM DIA, domingo, 20 de NOVEMBRO  

COMEMORA-SE

Dia Internacional da Criança (ONU), Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito, Dia do Auditor Interno. Dia do Biomédico, Dia do Técnico em Contabilidade, Dia Nacional da Consciência Negra.

Católicos celebram São Gelásio I, São Félix de Valois, Santo Edmundo, São Gregório de Decápoles (Igreja Ortodoxa) 

RONDÔNIA

20 – 1953 – O deputado federal Aluízio Ferreira comunica que o Território do Guaporé terá um novo governador, o coronel Ênio Pinheiro, substituindo Jesus Hosanah. (Alto Madeira 20.11.1953) 

20 – 1990 – Membros da coligação “Vontade do Povo”, cujo líder o senador Olavo Pires foi assassinado no início do returno da campanha ao governo estadual, publicaram uma “Carta aberta” declarando apoio à candidatura de Osvaldo Piana a governador. (Alto Madeira 20.11.1990).

BRASIL

1695- No quilombo dos Palmares, morre o líder negro Zumbi. 

1889- A Argentina e o Uruguai são os primeiros países a reconhecer a República do Brasil.

MUNDO

1959- A ONU aprova a Declaração Universal dos Direitos da Criança. 

1962 — Fim da Crise dos Mísseis de Cuba: A União Soviética retira seus mísseis de Cuba.  

1985- Lançada a 1ª versão do sistema operacional Windows.

FOTO DO DIA

Como capitão, em 1945, o engenheiro militar Ênio Pinheiro (FOTO) comandou a 2ª Companhia Rodoviária Independente em Porto Velho, cidade onde voltaria 8 anos depois, já como coronel, para ser o 7º governador do Território do Guaporé e outra vez no mesmo posto, em 1961, quando o Guaporé dera lugar a Rondônia, nos dois casos por indicações de seu primo e  deputado federal Aluízio Ferreira, então a grande liderança política da região. 

Em 1945, quando Aluízio governava o Guaporé, o tenente engenheiro Fernando Gomes, que chefiava a equipe de campo que abria uma rodovia (no traçado por onde depois foi feita a BR-364) desapareceu na região de “São Pedro”, fato que gerou várias suposições, incluindo suspeições sobre Aluízio, o então governador, que teria tido duas divergências com o tenente, cujo sumiço nunca foi esclarecido.Como capitão, em 1945, o engenheiro militar Ênio Pinheiro (FOTO) comandou a 2ª Companhia Rodoviária Independente em Porto Velho, cidade onde voltaria 8 anos depois, já como coronel, para ser o 7º governador do Território do Guaporé e outra vez no mesmo posto, em 1961, quando o Guaporé dera lugar a Rondônia, nos dois casos por indicações de seu primo e  deputado federal Aluízio Ferreira, então a grande liderança política da região. 

Em 1945, quando Aluízio governava o Guaporé, o tenente engenheiro Fernando Gomes, que chefiava a equipe de campo que abria uma rodovia (no traçado por onde depois foi feita a BR-364) desapareceu na região de “São Pedro”, fato que gerou várias suposições, incluindo suspeições sobre Aluízio, o então governador, que teria tido duas divergências com o tenente, cujo sumiço nunca foi esclarecido.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Plantão Policial