Polícia Federal deflagra operação de combate ao contrabando de combustíveis em Guajará-Mirim

Operação cumpre Mandados de Busca e Apreensão em cidade da fronteira

Porto Velho, RO - A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (10/11/2022), a Operação PANE SECA, para combater os crimes de contrabando e associação criminosa.

A investigação, que foi conduzida pelos policiais federais de Guajará-Mirim/RO, iniciou-se como desdobramento de diversas prisões em flagrante nos últimos meses nos portos clandestinos da cidade. O combustível é transportado ilegalmente pelo Rio Mamoré e distribuído para vendedores que repassam os produtos, sem nenhum controle de qualidade ou segurança.



Usando técnicas investigativas, os policiais descobriram uma elaborada rede criminosa que envolve o transporte, armazenamento e distribuição desse combustível.

Durante a operação, 3 pessoas foram presas e diversos documentos foram aprendidos, que serão analisados e podem gerar novos desdobramentos. Além disso, foram aprendidos centenas de litros de combustível de origem boliviana e dezenas de botijas de gás, de mesma origem.

As penas para os crimes de contrabando e associação criminosa, somadas, podem chegar a 08 anos de reclusão.



PANE SECA, nome dado à operação, é uma referência ao ato de estancar o faturamento da organização, retirando dela o combustível para as práticas criminosas. Os comerciantes de Guajará-Mirim sofrem com a concorrência desleal dessa atividade, que não arrecada impostos e não gera nenhum emprego em terras brasileiras, além de favorecer, através da mesma rede de apoio, possíveis traficantes de entorpecentes atuantes na região.

Fonte: Superintendência Regional em Rondônia – Polícia Federal

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Plantão Policial