PRF prende três pessoas, armas e material usado em atos extremistas contra motoristas em Rondônia

Armas de fogo e ferramentas para danificar pneus foram encontradas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia, na segunda-feira (21), durante atividade para manutenção da ordem e reestabelecimento do fluxo de trânsito, na BR 364, próximo ao trevo de Rolim de Moura, no município de Cacoal. Os armamentos foram encontrados na área de concentração de uma manifestação.

Durante o trabalho, três pessoas foram presas em flagrante e levadas para a delegacia. Os policiais apreenderam uma pistola, com dois carregadores, totalizando 24 munições, 12 munições, e diversas "armadilhas" para furar pneus, além de outros itens que consolidam a relação entre os envolvidos, que resultou nas prisões pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, descumprimento de ordem judicial para desobstrução de via e incitação ao crime.

A PRF recebeu denúncias de que, naquele ponto de concentração de pessoas, foram ouvidos disparos de arma de fogo e também que haveria, no local, equipamentos para danificar veículos que tentassem seguir viagem "sem autorização dos manifestantes".

Atos extremistas têm se intensificado no estado de Rondônia. Em Vilhena, um caminhoneiro foi agredido a pedrada, após se recusar a permanecer em um ponto de bloqueio. 

Na cidade de Ariquemes, foram registrados um atentado contra o sistema de abastecimento de água e também ataque a um comboio de uma rede de supermercado, resultando em incêndio, depredação e saque de carga. 

Em Nova Mamoré, um carro foi apedrejado. No município de Jaru, por mais de uma vez, a PRF registrou a ocorrência de derramamento de óleo diesel na pista em uma região de serra. Já na ponta do Abunã, alguns ônibus foram vandalizados e houve ameaça de incêndio.

Fonte: Rondoniagora

 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Plantão Policial