O dia 05 de dezembro na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

 

O DIA NA HISTÓRIA

Lúcio Albuquerque

WhatsApp 69 99910 8325

BOM DIA, 2ª feira, 05 de DEZEMBRO  

COMEMORA-SE

Dia Nacional da Pastoral da Criança, Dia Nacional do Médico de Família e Comunidade, Dia Internacional do Voluntariado (ONU), Dia Mundial do Solo (ONU) Dia da Acessibilidade, Dia Internacional do Leoísmo

Católicos celebram São Abas

RONDÔNIA

5 – 1919 – Resultados da 2ª eleição a Superintendente (prefeito) e Intendentes (vereadores) de Porto Velho (mais em Foto do Dia)

5 – 1956 – A Comissão de Relações Exteriores da Câmara Federal aprova a indicação do nome de Candido Rondon, patrono de Rondônia, ao Prêmio Nobel da Paz (AM 5.12.1956)

5 – 1981 – Fundado o Lions Clube de Rolim de Moura (4)

BRASIL

1889 — A Família Imperial Brasileira chega a Lisboa após deixar o Brasil devido à Proclamação da República. 

1891 — Morre, no exílio, Dom Pedro ll (n. 1825), o último imperador do Brasil. 

1967 — O presidente Castelo Branco cria a Fundação Nacional do Índio (Funai). 

2012 — Aos 104 anos morre Oscar Niemeyer, responsável pelo projeto de construção de Brasília (n. 1908).

MUNDO

63 a.C. — O cônsul romano Marco Túlio Cícero faz o quarto e final discurso das Catilinárias. 

1931 — O líder comunista Josef Stalin manda  destruir a Catedral de Cristo Salvador, em Moscou. 

1945 – Uma esquadrilha  dos EUA desaparece no Triângulo das Bermudas. 

2013 — Morre, aos 95 anos, Nelson Mandela,o 1º presidente negro da África do Sul e Prêmio Nobel da Paz (n. 1918)

FOTO DO DIA

Instalado como município em 1915, quando foi empossado como Superintendente (prefeito) o major Guapindaia de Souza Brejense, e Intendentes (vereadores), todos nomeados, quatro anos depois, em 1919, Porto Velho tinha eleitos seu 2º Superintendente (prefeito) e sete Intendentes (vereadores), no caso, pela única vez, um religioso seria o prefeito, o padre Raymundo Oliveira, com 121 votos. Eleitos também os vereadores: Esron Menezes (92 votos), pai do historiador Esron Penha de Menezes; Prudêncio Bógea de Sá (85 votos), José Joaquim Guerra (81), Arthur Napoleão Lebre (49), José Jorge Braga Vieira (31), Octávio dos Reis e Aristides Coelho (ambos com 34 votos). O padre Oliveira teve como adversário o major Guapindaia de Souza Brejense que, mesmo apoiado pelo 1º superintendente eleito Joaquim Augusto Tanajura (foto), foi derrotado.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Plantão Policial